Era

Zeca Baleiro

Compositor: Wado / Zeca Baleiro

Era 11 de Setembro
Nem lembro
Foi quando ela me deu
Um beijo que era o fim de um sono
Caindo
Foi quando aconteceu

Era 4 de Julho
Eu juro
O chão estremeceu
E a poeira que invadia as ruas
Cegava
O céu embranqueceu

Para quem espera
O mundo era e erra
E ainda está de pé
A terra em brasa
Para quem espera
A vida sempre será
Um incêndio no coração
Sob o temporal que tudo arrasa

Era dia de Ação de Graças
Na praça todo mundo riu
Não entendo bem que graça
Que acham num mundo que ruiu

Era sexta-feira santa
De tanta paixão e frio
Longe ouço uma voz que canta
A mata em flor e o céu de Abril

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital